terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Guarapari - A cidade saúde

Esta cidade litorânea do Espírito Santo fica aproximadamente 64 quilômetros da capital do estado, Vitória. O nome Guarapari deriva do vocabulário indígena. Guará vem de uma ave e parim ou pari significa pesqueiro, lugar cercado para apanhar peixes.
Foi na década de 60 que Guarapari apareceu para o mundo turisticamente. Divulgada para os quatro cantos do mundo pelo Dr. Silva Mello, a cidade das areias monazíticas medicinais passou a ser referência mundial para o turismo saúde. Daí o título de 'Cidade Saúde'.
A cidade tem hoje cerca de 120 mil habitantes e em alta temporada sua população pode chegar a 700 mil habitantes.
Tem extenso trecho de litoral - Meaípe e a praia do Morro são as mais badaladas, e a Enseada Azul recebe quem prefere calmaria.

Para cada estilo de turista, uma praia exclusiva. Durante o verão, o burburinho se concentra nas orlas de Areia Preta e do Morro, repletas de bares, quiosques, jovens e famílias. Meaípe com seu clima de vila de pescadores atrai os descolados. A paquera é o forte na Enseada Azul, enquanto os surfistas marcam presença em Três Praias e Setibão.

MELHOR ÉPOCA PARA VISITAR

No verão, o movimento é grande dia e noite, em especial de famílias com filhos adolescentes. Há congestionamentos no Centro e é recomendável fazer reservas de hospedagem com antecedência. Para a prática do mergulho, a melhor época é entre os meses de dezembro e maio, quando a visibilidade das águas é ainda maior. Durante todo o ano, a cidade tem temperaturas agradáveis.

COMO CHEGAR

DE AVIÃO
O aeroporto mais próximo é o de Vitória, (o aeroporto de Guarapari recebe apenas aviões de pequeno porte).

DE CARRO
Acesso pelas rodovias BR-101 e ES-480. Para quem vem de outras cidades do Espírito Santo o acesso é pela ES-060 (Rodovia do Sol).

DE ÔNIBUS
As empresas São Geraldo (http://www.saogeraldo.com.br/),
Rio Doce (http://www.viacaoriodoce.com.br/),
Itapemirim (http://www.itapemirim.com.br/) e
Águia Branca (http://www.aguiabranca.com.br/) têm ônibus partindo de diversas cidades do país em direção a Guarapari.

GASTRONOMIA CAPIXABA
Dentre todos os atrativos turísticos de Guarapari, a culinária capixaba merece uma atenção especial. Dos vários pratos baseados em frutos do mar, destacam-se a Moqueca Capixaba, a Torta Capixaba, a Muma de Siri e a Caranguejada.
Famosa internacionalmente, a Moqueca Capixaba é o prato mais conhecido da culinária do Espírito Santo. O nome "moqueca" designa um estilo de preparar o alimento que consiste no cozimento sem água, apenas com os vegetais e frutos do mar. Ao contrário da moqueca baiana, a capixaba não leva azeite de dendê e nem leite de coco.
Logo em seguida vem a Torta Capixaba, preparada com vários frutos do mar, como siri desfiado, camarão, ostra e sururu, além de bacalhau e palmito. Prato tradicionalmente consumido durante a Semana Santa em todas as casas capixabas.

HOSPEDAGEM
A cidade possui diversas opções de hospedagem que vão desde aconchegantes pousadas a luxuosos hotéis.
VIDA NOTURNA

A vida noturna do município tem seu ápice no verão. A vasta oferta de atrações faz com que Guarapari seja o destino preferido dos capixabas e de turistas de todo o Brasil.
Na praia do Morro, os bares com música ao vivo reúnem famílias e turmas de amigos. Já em Nova Guarapari (nos arredores de Enseada Azul) e Meaípe, boates tradicionais como Lua Azul e Multiplace Mais ficam lotadas até o amanhecer.

LAZER
Atividades Radicais - Os fãs dos esportes de aventura encontram uma série de atividades na pedreira Adventures Park, um espaço de 24 mil metros quadrados. Em meio a cânions, cachoeiras e lagos, pratica-se rapel, escalada, canoagem, mergulho e tirolesa, tudo acompanhado por instrutores. (Leia mais sobre Esportes Radicais neste blog).

PRAIAS

TRÊS PRAIAS
Conjunto de pequenas praias separadas por rochedos, praticamente sem ondas, com areia fina e escura. A água é esverdeada e transparente, boa para mergulho e pesca submarina. Possui uma extensa área de lazer, sombreada por árvores e coqueiros. O acesso só é feito de carro, e é preciso pagar. Há estacionamento e churrasqueiras.

PRAIA DO MORRO
Com quatro quilômetros de extensão, esta é uma das maiores praias de Guarapari. De um lado as ondas são fortes, do outro as águas são calmas. A areia é clara, fina e solta. A vida noturna é movimentada durante todo o verão. O turista encontra bares com música ao vivo, restaurantes e quiosques.

PRAIA DA CERCA
Pequena, tem boas ondas para o surf e quiosques. Fica a cinco quilômetros do Centro.

PRAIA DA AREIA PRETA
Com faixas douradas e escuras, esta é a principal praia de areia monazítica de Guarapari. Além dos idosos que se enterram nas areias em busca de suas propriedades medicinais, muitos jovens freqüentam o local. É pequena, apenas 200m, e tem ondas fracas. Uma trilha sobre as pedras, no lado direito, leva à prainha das Pelotas, aos pés de uma falésia.

PRAIA DOS NAMORADOS, DAS CASTANHEIRAS E DO MEIO
O conjunto formado por estas praias é um dos principais cartões postais de Guarapari. Com faixas rajadas de marrom e amarelo de areia monazítica, pedras enormes intercalam-se com arrecifes, formando piscinas naturais. Durante a maré baixa, as crianças podem observar os peixes que ficam nestas piscinas. A água é transparente e tranqüila. Os turistas desfilam no largo calçadão sombreado pelas castanheiras.

PRAIA DE SETIBA PINA (SETIBÃO) E SETIBA

Localizadas 10 km ao norte da Cidade Saúde, destacam-se pelas águas azuladas e transparentes. A primeira é a preferida dos surfistas, tem faixa de areia inclinada e castanheiras. Liga-se por uma estrada de terra à praia de Setiba, que tem águas calmas e boas para a pesca. Uma ilhota de formação rochosa separa as duas principais praias de Setiba.

PRAIA DE SANTA MÔNICA
Um bairro de Guarapari. O número cada vez maior de residências, escolas e restaurantes típicos, aliados aos demais elementos de uma paisagem urbana, compondo o espetáculo do mar.

PRAIA DE MEAÍPE
Aldeia de pescadores situada na zona sul de Guarapari. Paisagem de beleza constante, com recifes, compondo um cenário poético.
Multiplace Mais (abrangendo uma área de aproximadamente 7 mil m2, possui 3 restaurantes, 3 bares, boate, pizzaria, lanchonete, scotch bar, tabacaria, boutique, chapelaria, amplo saguão de entrada, acesso VIP e facilidades como acessos e sanitários para deficientes físicos, tudo isso circundando duas praças ao ar livre).

CACHOEIRAS


A cidade de Guarapari possui cerca de 9 cachoeiras conhecidas pelos seus moradores, as mais famosas são as São Felix, Cascatinha, Boa Esperança, Iracema, Cachoeira de Cabeça Quebrada que é umas das mais bonitas e mais freqüentada, Alto do Jabuti, Cachoeira Buenos Aires e de Pernambuco.

LAGOAS

Lagoa de Caraís
Localizada dentro do parque Estadual de Setiba nas trilhas da Reserva, possui a cor avermelhada devido as suas raízes. Em tupi-guarani, 'Carai' é uma das muitas variedades de macacos no Brasil. Caminhando nas trilhas da reserva ecológica que margeia o mar, chega-se a esta lagoa de águas escuras, ladeada de areia, vegetação e uma grande pedra.

Lagoa de Mãe Ba
Localizada na Rodovia do Sol, Meaípe.

Lagoa Vermelha ou do Milho
Também situada na reserva ecológica de Setiba, perto das dunas de Ulé. Suas águas escuras contrastam com a brancura das areias que circulam.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

  • Informações turísticas - Sectur - tel: 3262-8759
  • Rodoviária - Tel: 3362-9613.
  • Agências Bancárias - Real, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú e Unibanco.
  • Para degustar uma autêntica moqueca capixaba - sem azeite de dendê e leite de coco -, siga para a praia de Meaípe. Por lá estão os melhores restaurantes especializados na receita.
  • Piúma - Famosa pelo Carnaval animado, oferece mais que trios elétricos durante os quatro dias de folia. A 36 quilômetros de Guarapari, a cidade tem praias calmas e perfeitas para quem viaja com as crianças. O Monte Aghá, com 500 metros de altitude e cartão-postal da cidade, pode ser escalado. Dos arredores da montanha partem passeios para as ilhas do Cabrito, do Gambá (reduto de aves) e do Francês, repleta de grutas, bromélias e orquídeas.
  • Vitória - capital do Espírito Santo chama a atenção pelas praias urbanizadas, pelo agito noturno e pelas construções históricas da Cidade Alta - destaque para o Palácio Anchieta, a Capela de Santa Luzia e o Teatro Carlos Gomes. Os fãs da pesca esportiva do marlim marcam presença na região entre os meses de novembro e fevereiro, quando acontecem concorridos campeonatos.
  • Circulando - Para circular pelo Centro e praias próximas, você pode ir a pé ou usar o transporte coletivo, principalmente no verão, quando os congestionamentos são comuns. Para curtir as paisagens mais afastadas, vá de carro.
E boa viagem

2 comentários:

anita disse...

Adorei as imagens. A cidade também tem a opção das montanhas, com lindas cachoeiras. Faltaram apenas as fotos para mostrar este outro lado de Guarapari.

Anônimo disse...

Este outro lado de Guarapari estará em futuras postagens. Valeu a participação, continue acompanhando o blog.
Áurea.